Cerâmica em processo de moldagem por injeção

A moldagem por injeção de cerâmica é um processo novo e inovador que fornece soluções econômicas para projetos que exigem componentes cerâmicos complexos e com produção em escala.

A utilização da cerâmica como matéria prima no desenvolvimento de componentes sempre encontrou na geometria da peça um de seus limitadores. A moldagem por injeção de cerâmica (CIM) supera esse problema, se utilizando de moldes que recebem o material em sua forma líquida, se conformando ao formato final da peça.

Projetos anteriormente rejeitados por serem muito difíceis ou caros de fabricar usando outras técnicas tradicionais de produção começam a se tornar viáveis. A dureza da cerâmica implica em processos de usinagem com alto custo, em função da necessidade de ferramentas especiais, além do tempo gasto no processo. Recursos como ângulos de reentrada, orifícios cegos de múltiplas formas, roscas de parafuso, perfis de superfície, orifícios perpendiculares, rebaixos e cavidades complexas são todos possíveis usando a tecnologia CIM. 

A Macea tem investido muito nessa tecnologia, oferecendo a seus clientes a possibilidade de avanço em projetos mais complexos, solucionando antigos problemas, com aumento da produtividade e eficiência nos processos, reduzindo os custos de fabricação e aumentando a eficiência dos componentes.

Os componentes fabricados através do processo de moldagem, oferecem todos os benefícios associados às cerâmicas técnicas, incluindo resistência ao desgaste, resistência à corrosão, estabilidade térmica, dureza superior, alta resistência mecânica e estabilidade dimensional. As características físicas disponíveis através da Moldagem por Injeção em Cerâmica incluem cortes inferiores, roscas, furos cegos e curvas.

Os componentes podem ser usados ​​em praticamente qualquer mercado, incluindo aplicações industriais, petroquímicas e médicas.

voltar

Compartilhe esse conteúdo