Processos de fabricação das cerâmicas avançadas

As cerâmicas avançadas são caracterizadas pelos materiais utilizados e, principalmente, pelos processos aplicados na obtenção do produto final. Existem alguns processos utilizados para a moldagem dos materiais, após a produção do pó, ou massa utilizada como matéria prima.

Tenha sido fabricada hidroplasticamente  ou  obtida por meio de processos de fundição em suspensão, o material ainda retém sua porosidade e  possui resistência insuficiente  para  a  maioria  das  aplicações  práticas.  Além disso, parte da humidade ainda tende a estar contida no material, através dos líquidos utilizados nos processos de conformação e moldagem.

Após sua moldagem, as peças fabricadas passam por processos que visam conferir-lhes os benefícios e características da cerâmica avançada.

• Secagem:  Consistem em um processo de tratamento térmico realizado à altas temperaturas. Esse processo extrai a água contida nas porosidades da peça. O cuidado a ser tomado consiste na possibilidade de danos ao material. Conforme os líquidos são retirados, o espaçamento entre as partículas pode gerar contrações que danifiquem as peças.

• Cozimento:  após  a  secagem  o  corpo  passa  pelo  processo  de  cozimento,  ou seja,  a  peça  é  cozida  a  uma  temperatura  entre  900  e  1400ºC.  A temperatura aplicada varia em função das características desejadas, alpem do material utilizado no processo. Os espaçamentos entre os poros são ainda mais reduzidos, o que também contribui com o risco de contrações e quebras, demandando certo cuidado. Ambos os procedimentos têm o objetivo de aumentar a resistência mecânica do material.

voltar

Compartilhe esse conteúdo