O processo de sinterização na cerâmica industrial

Os processos utilizados no desenvolvimento de peças e componentes de cerâmica industrial envolvem tecnologias avançados mescladas à antigas técnicas e conhecimentos adquiridos ao longo de milhares de anos. Dentre esses procedimentos está a sinterização.

A sinterização é um método bastante antigo, utilizado na fabricação de cerâmicas, inclusive na cerâmica industrial. É o tratamento final, desenvolvendo um papel determinante em algumas características encontradas na peça finalizada.

A sinterização é um procedimento que envolve altas temperaturas. No caso da cerâmica industrial, as temperaturas deste processo podem variar entre 1200 a 2200 ° C. A massa crua, quando constituída de apenas um componente, é aquecida até 80% da temperatura considerada “temperatura de fusão” do material, conservando assim a matéria prima em estado sólido – chamado de sintetização de fase sólida.

Durante  o processo de sinterização, as peças geralmente encolhem em até 25%. Dessa forma existe uma compensação prévia dessa perda com a utilização de formas maiores para a fabricação das peças.

Assim como a grande maioria das técnicas empregadas no desenvolvimento de peças de cerâmica industrial, a sinterização demanda experiência e vasto conhecimento técnico para a obtenção de resultados satisfatórios, contribuindo assim para um resultado final perfeito, oferecendo tudo que essa tecnologia pode oferecer.

A Macéa Cerâmica Técnica é especialista em cerâmica industrial. Entre em contato para mais informações.

voltar

Compartilhe esse conteúdo