Porcelana Dura

A Porcelana Dura é obtida através da mistura de matérias primas naturais como Caulim, Argila, Quartzo, Feldspato mais uma  boa adição de Alumina.

Os corpos formados são secos, calcinados e posteriormente queimados a temperatura da ordem de 1300ºC.

Em alguns casos recebem também uma camada superficial de esmalte cerâmico.

Possui boa resistência mecânica, excelente isolador elétrico, resistente a maioria dos ácidos e bom custo benefício.

Os produtos podem ser produzidos por prensagem a seco, prensagem isostática, colagem e extrusão.

Características termo mecânicas:

Cor: Branca.

Densidade: 2,4 g/cm3.

Absorção de agua: 0%.

Dureza Vickers (HV, 5600g): 5,9 GPa.

Resistencia a Compressão: 590 Mpa.

Resistencia a Flexão: 130 Mpa.

Modulo de Young (E): 104 GPa.

Temperatura Máxima de Trabalho: 1100 C.

Condutibilidade Térmica: 3,0 W/mK.

Aplicações:

-Guia fios Têxteis.

-Isoladores elétricos.

-Acessórios para Laboratórios.

-Corpo para Ignitores.

Tolerâncias Dimensionais:

Tolerâncias dimensionais obedecem a norma DIN 7168, sendo que tolerâncias mais rígidas são obtidas por retífica com o uso de ferramentas diamantadas.

Acabamento Superficial:

-Natural: Ra 1,2 mícron.

-Acetinado: Ra 0,8 mícron.

-Acetinado e Polido: Ra 0,3 mícron.

-Polido Diamante: menor que Ra 0,1 mícron.

-Esmaltado.

Compartilhe esse conteúdo